Você sabe quais são os países possuem uma gestão pública eficiente? :: Centi
  (62) 3922 3044      contato@centi.com.br

Você sabe quais são os países possuem uma gestão pública eficiente?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

Você sabe quais são os países possuem uma gestão pública eficiente?

De acordo com dados divulgados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) Brasil, Chile, Colômbia e México possuem os processos de gestão pública mais eficientes da América Latina. No entanto, isto não significa que estes países não necessitem de melhorias, afinal ainda existe muito a ser feito neste aspecto.

Isto acontece, pois, a análise se baseia em um índice que avalia a capacidade de implementação de uma Gestão para Resultados no Desenvolvimento (GpRD). Ela é um instrumento que visa auxiliar os administradores a alcançarem os objetivos estabelecidos para a gestão, sempre observando as melhorias contínuas que podem ser realizadas em cada instituição.

O índice que observa o planejamento, monitoramento, avaliação, gestão de programas e projetos, orçamento e gestão financeira pública, pontuou os quatro países que melhor se classificaram, com notas superiores a 3,0. Já os países com notas entre 1,5 e 3,0 foram reunidos no grupo de países com nota média. E os países com notas abaixo de 1,5 foram agrupados na classificação de países com notas baixas.

Ao fim da avaliação apenas Brasil, Chile, Colômbia e México foram classificados com notas altas, apesar das grandes melhorias que precisam realizar para uma administração mais transparente e limpa.

Por fim, apesar da pequena quantidade de países que foram classificados com notas altas, uma considerável quantia conseguiu melhorar a sua classificação investindo em planejamento e ferramentas para planejamento e avaliação. Deste modo, é visível o salto no desenvolvimento da gestão de países como Jamaica, Nicarágua, Paraguai, Equador, Peru, República Dominicana e Uruguai.

Até a próxima,

Equipe CENTI

 

Comentários

Comentários estão desabilitados.