(62) 3922 3044      contato@centi.com.br

Como a comunicação interna pode ajudar no desempenho do seu departamento?

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this page

5_810x251

 

Como a comunicação interna pode ajudar no desempenho do seu departamento?

A Comunicação Interna é a vertente responsável pela transmissão estratégica de mensagens para os colaboradores de uma instituição, empresa ou organização. Quando utilizada de maneira correta, ela evita desentendimentos causados por falhas de comunicação, motiva os colaboradores a desempenharem o seu trabalho de maneira eficiente, facilita o processo de inclusão de novos profissionais e diminui a influência das fofocas no ambiente organizacional.

No entanto, em alguns órgãos, a Comunicação Interna é vista como uma ferramenta que pode ser utilizada apenas no setor privado. O que é um grande engano, pois, ela também tem muito a contribuir para o desenvolvimento das equipes dentro do setor público. Afinal, possui como principal objetivo orientar os colaboradores de maneira adequada para que se mantenham alinhados aos objetivos da organização e motivados a cumpri-los.

Se você, sentiu vontade de melhorar a Comunicação Interna dentro do seu órgão, confira três estratégias bem simples para desenvolver essa ferramenta dentro da sua instituição.

  1. NÃO TENHA MEDO DE REALIZAR PESQUISAS.

Um dos lemas da comunicação interna é comunicar O QUÊ o colaborador precisa ouvir, da maneira em que ele CONSEGUE ouvir. Muitas vezes, em um órgão público, encontramos pessoas com escolaridades, idades, hábitos e culturas muito diferentes. Isto acontece, pois, o concurso observa apenas os aspectos intelectuais necessários para a ocupação do cargo, o que no fim das contas produz uma equipe em que os servidores não possuem muito em comum.

Por isso é importante realizar pesquisas sobre o perfil dos colaboradores e sobre a adesão as ferramentas de comunicação. Afinal, apenas com a realização de pesquisas é possível descobrir se as pessoas preferem participar de uma reunião ou receber um e-mail sobre o assunto. E descobrir qual é a linguagem mais adequada para que os servidores compreendam a mensagem.

  1. FAÇA UM PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO  

Apesar de nos comunicarmos todos os dias, quando falamos de Comunicação Interna é necessário usar e abusar do planejamento. Depois que você concluir a pesquisa, vai conhecer as preferências dos servidores do seu órgão. A partir daí o seu planejamento deve se basear nesses dados para escolher quais canais (e-mail, cartas, reuniões, murais, jornais internos e outros), linguagem (formal e informal) e estratégia são mais adequados para a sua realidade.

Se você perceber que alguma coisa está errada, não tenha medo de mudar e alterar o planejamento, tenha em mente, você pode até errar, mas sempre querendo acertar.

  1. QUANDO POSSÍVEL DIMINUA A BUROCRACIA!

Em muitos casos é difícil fugir da burocracia, principalmente quando o assunto é comunicação entre departamentos de um mesmo órgão. Mas se o serviço público já é tão burocrático na hora de atender a solicitação do cidadão, estender essa burocracia para dentro da instituição só dificulta as coisas. Por isso, não tenha medo de desenvolver ações que aproximem departamentos internos. Aposte reuniões, confraternizações, enfim, qualquer estratégia que estimule a aproximação e uma boa relação entre eles. Afinal, o bom desempenho das atividades internas melhora o desempenho da instituição e atendimento ao cidadão.

Gostou das sugestões? Então não se esqueça de conferir o nosso blog. Sempre temos uma dica para melhorar o desempenho da sua organização.

Equipe CENTI

Comentários

Comentários estão desabilitados.