(62) 3922 3044      contato@centi.com.br
Todos o conteúdo de: Aug/2022

Mudanças na tela “Assinatura Digital”, saiba o que irá te impactar

A segurança da informação (SI) está diretamente relacionada com a proteção de um conjunto de informações, no sentido de preservar o valor que possuem para um indivíduo ou uma organização. São propriedades básicas da segurança da informação: confidencialidade, integridade, disponibilidade, autenticidade e legalidade.

Pensando na segurança dessas informações e na transparência na utilização da Assinatura Digital e do Certificado Digital, foram realizadas algumas mudanças no sistema Centi para garantir que esses possam ser utilizados por aqueles que estejam previamente autorizados pelo responsável do Certificado Digital.

Para que serve a tela AD021 - Assinatura Digital?

A tela “AD021 - Assinatura Digital” é utilizada para gerenciar os certificados e assinaturas digitais inseridas no sistema, porém a segurança do mesmo era limitada, não tendo controle total na sua utilização.

O que muda agora?

A tela “AD021 - Assinatura Digital” permanece a mesma de antes em sua estrutura, porém ocorreram algumas mudanças para segurança dos usuários e que devemos ficar atentos, entre elas:

1 - Campo Usuário: Foi adicionado o campo “Usuário”, onde somente o dono do certificado conseguirá ser inserido. Exemplo: O certificado digital pertence ao “João Pereira dos Santos”, o único usuário que poderá ser adicionado neste campo, será o dele, com o mesmo CPF. 

2 - Pasta Procurações: Antes esta pasta tinha o nome “Usuários”, o nome foi alterado para facilitar a identificação de quem está de fato autorizado a utilizar o certificado ou assinatura deste certificado. 

3 - Procurações: Cada usuário que for adicionado na pasta “Procuração” deverá ter uma data de início e uma data de fim, caracterizando que a utilização deste é por tempo limitado. Atualmente a Centi concedeu permissão de 15 dias para todos os usuários que já estavam cadastrados anteriormente mas, deverá ser revisto pelo usuário dono do certificado. 

4 - Permissões das procurações: O usuário dono do certificado poderá adicionar as permissões desejadas para que o usuário que irá utilizar, poderá fazer. Atualmente foram inseridas as permissões: “Colare Pessoal”, “Colare Compras/Licitação”, “Sisobra” e “Assinatura de documentos”. 

5 - Certificados Pessoa Jurídica: Quando o certificado a ser utilizado for no CNPJ (Pessoa Jurídica), deverá ser adicionado o usuário (Pessoa Física) que será responsável por quaisquer alterações para este certificado. 

Mais informações:

Para mais informações ou em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso suporte através do WhatsApp ou do telefone 62 3922-3044 e nossa equipe te auxiliará.

Leia mais

Regra 448: Erro nas integrações do Colare Pessoal para o TCM/GO

Nos últimos dias ao realizar as integrações do Colare Pessoal ao TCM/GO é apresentado erro referente a Regra 448 que diz: Neste momento não foi possível validar o CPF na Receita Federal por problemas técnicos, tente novamente mais tarde".

Em verificações junto ao Tribunal de Contas, foi identificado que o erro remete-se a uma falha de comunicação entre os servidores do TCM e da Receita Federal, onde não é possível verificar a validade do CPF dos colaboradores.

Recomenda-se aguardar a correção do erro ou para mais esclarecimentos, entrar em contato com o tribunal através do ticket do TCM, disposto no link: https://tcmgo.tc.br/ticket/.

Leia mais