(62) 3922 3044      contato@centi.com.br

Registro de Atendimento

A CENTI ficou ainda mais transparente, agora contamos com o número de protocolo do atendimento, onde você poderá acompanhar o andamento de sua solicitação.

1 - O que é o Protocolo de Atendimento?

É o número correspondente ao registro do atendimento prestado ao Cliente

2 - Como ele funciona?

O protocolo de atendimento é um número composto pelos seis primeiros dígitos do ano e mês da sua criação, seguido do número da interação num total de 10 dígitos

3 - Qual é sua função?

O protocolo demonstra que o cliente fez contato com a CENTI pedindo uma orientação ou a solução para um problema ou dúvida, é a maneira de identificar sua solicitação junto a empresa.

5 - Como faço para consultar o andamento do meu protocolo?

Através de seu e-mail, com boletins informativos que são encaminhados automaticamente sempre que uma solicitação é aberta ou encerrada, ou através do suporte CENTI por contato telefônico ou chat.

6 – Modelo do boletim enviado aos usuários via e-mail:

1A Até a próxima, Equipe CENTI

Leia mais

Informativo Orçamento 2018

Informamos que já se encontra disponível no sistema, a Exportação do arquivo do Orçamento referente ao ano de 2018, através do menu Prestação de Contas - Exportação TCM-GO. De acordo com o novo layout disponibilizado pelo TCM, houve alteração nos seguintes pontos: 1 – Arquivo de Programas – PRO No arquivo de programas “PRO”, foi inserido um novo campo obrigatório, Indicador, onde deverá ser preenchido no sistema através da tela CO037 – PPA, como demonstrado figura abaixo. 1   2 – Arquivo de Ações e Metas Os campos Público Alvo e Produto, passaram a ser obrigatórios, e deverão ser verificados e preenchidos no sistema através da tela CO037 – PPA, conforme figura abaixo. Público Alvo 2 Produto 3   3 – Arquivo das despesas DSP O arquivo da despesa orçamentária foi modificado, e a partir de agora, a codificação será enviada ao TCM até o nível de Modalidade de Aplicação e não mais até o nível de elemento de despesa como era antes, conforme exemplificado: Antes – 3190.11   (Até 2017) Agora – 3190.00   (2018 em diante) Em caso de dúvidas, por favor entrar em contato com nosso suporte. Até a próxima, Equipe CENTI

Leia mais

Você conhece os 5 princípios da administração pública?

Você conhece os 5 princípios da administração pública?

A administração pública é regida por cinco princípios básicos que estão presentes no Artigo 37 da Constituição Federal. Eles dirigem as ações das pessoas que fazem parte da Administração e auxiliam os gestores estimulando atos que favoreçam o coletivo e não um grupo limitado de pessoas. Então, para facilitar a sua administração vamos conhecer quais são as cinco proposições básicas da Administração Pública e quais são os seus principais fundamentos.
  • Legalidade
Todas as ações realizadas por componentes da gestão pública devem ser baseadas apenas no que está descrito na lei. Isto acontece, pois, o administrador é subordinado a lei e não deve executar nada que fuja do que já está delimitado. A contratação de um serviço, por exemplo, deve seguir à risca o que já está definido nas leis que regem esta ação. Caso contrário ela não deverá ser concretizada
  • Impessoalidade
A impessoalidade é o princípio que preza pela igualdade no tratamento que o setor público oferece as pessoas jurídicas ou físicas que o procuram. Neste caso o interesse público sempre deve se sobrepor ao interesse dos particulares em geral.
  • Moralidade
Quando pensamos no administrador público automaticamente esperamos que a moralidade estará presente em todas as suas ações. Por isso, ela talvez seja o princípio que mais se destaca quando falamos de ética no serviço público. Afinal, para que o administrador siga todas as proposições do artigo 37 ele precisa ser honesto, qualidade que está intrinsicamente ligada a moralidade.
  • Publicidade
Não é à toa que existem ferramentas para garantir a transparência das ações da administração pública, afinal o princípio da publicidade exige que os atos praticados pelo gestor sejam publicados em plataformas de fácil acesso para o cidadão. Isto garante à sociedade o direito de fiscalizar as ações do poder público.
  • Eficiência
Por fim, é esperado que o todos os colaboradores da administração pública executem o seu trabalho com presteza e perfeição, por isso o último princípio é a eficiência. Ela garante que a administração atenda os anseios da sociedade da melhor maneira possível de acordo com as ferramentas disponíveis. Até a próxima.   Equipe CENTI.

Leia mais

Em quais áreas um sistema de gestão pode ajudar na gestão pública?

Em quais áreas um sistema de gestão pode ajudar na gestão pública?

A administração pública vive um período onde a qualidade se tornou a principal exigência do cidadão. No entanto, apesar de parecer algo simples, se engana quem pensa que esse atributo é facilmente alcançado, afinal só é possível obter qualidade na administração quando todas as áreas e processos são monitorados e avaliados continuamente, ação que nem sempre acontece. Deste modo, quando as exigências aumentam surge aquela dúvida: “Como eu posso monitorar os meus processos de maneira rápida e eficiente?”. A resposta é simples: aposte em um sistema de gestão. Em um primeiro olhar a ideia de informatizar os processos pode até assustar, mas ela facilita e muito a organização da administração. Afinal, você pode concentrar quase todas as atividades burocráticas e rotineiras em um só lugar e registrar cada um desses processos no momento de sua execução, sem muito complicação, o que faz toda diferença na gestão da qualidade da administração. Nas soluções produzidas pela CENTI por exemplo, é possível cuidar das áreas internas da administração como: almoxarifado, emissão de notas, compras, patrimônio, pregão e contabilidade. Tudo isso em um só lugar, com atualização contínua dos registros, o que evita gastos desnecessários e até mesmo auxilia no controle orçamentário. Mas se você precisa de funcionalidades que facilitem o atendimento ao cidadão, a CENTI também possui soluções para programas de assistência social, ouvidoria, sistema fazendário e portal do cidadão. Essas ferramentas fazem toda diferença para o cidadão que procura o auxílio da administração pública para resolver alguma solicitação ou débito de maneira rápida e prática. Por fim, se você ainda precisa de mais argumentos para inserir um sistema de gestão da sua administração, saiba que a CENTI também possui ferramentas para o controle do check-list interno de atividades, logística, licitações, recursos humanos e protocolos. O que é essencial para que o trabalho aconteça de maneira produtiva e eficiente. Afinal a qualidade é a soma desses dois atributos. Até a próxima.   Equipe CENTI.  

Leia mais

Você sabe quais são os países possuem uma gestão pública eficiente?

Você sabe quais são os países possuem uma gestão pública eficiente?

De acordo com dados divulgados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) Brasil, Chile, Colômbia e México possuem os processos de gestão pública mais eficientes da América Latina. No entanto, isto não significa que estes países não necessitem de melhorias, afinal ainda existe muito a ser feito neste aspecto. Isto acontece, pois, a análise se baseia em um índice que avalia a capacidade de implementação de uma Gestão para Resultados no Desenvolvimento (GpRD). Ela é um instrumento que visa auxiliar os administradores a alcançarem os objetivos estabelecidos para a gestão, sempre observando as melhorias contínuas que podem ser realizadas em cada instituição. O índice que observa o planejamento, monitoramento, avaliação, gestão de programas e projetos, orçamento e gestão financeira pública, pontuou os quatro países que melhor se classificaram, com notas superiores a 3,0. Já os países com notas entre 1,5 e 3,0 foram reunidos no grupo de países com nota média. E os países com notas abaixo de 1,5 foram agrupados na classificação de países com notas baixas. Ao fim da avaliação apenas Brasil, Chile, Colômbia e México foram classificados com notas altas, apesar das grandes melhorias que precisam realizar para uma administração mais transparente e limpa. Por fim, apesar da pequena quantidade de países que foram classificados com notas altas, uma considerável quantia conseguiu melhorar a sua classificação investindo em planejamento e ferramentas para planejamento e avaliação. Deste modo, é visível o salto no desenvolvimento da gestão de países como Jamaica, Nicarágua, Paraguai, Equador, Peru, República Dominicana e Uruguai. Até a próxima, Equipe CENTI  

Leia mais