(62) 3922 3044      contato@centi.com.br

Semana Pedagógica – Professor Marcos Meier

No dia 02/08 (sexta) aconteceu em Rio Verde - GO a palestra com o psicólogo, professor de matemática, escritor e mestre em educação, Professor Marcos Meier no auditório do I.F. Goiano que contou com a presença de 850 pessoas entre profissionais da educação, autoridades e população em geral com o tema voltado à educação infantil nas escolas públicas. Um grande evento para toda a população de Rio Verde mas, o que seria a Educação Infantil? A educação infantil consiste na educação de crianças, com idades entre 0 e 5 anos. Neste tipo de educação, as crianças são estimuladas - através de atividades lúdicas, brincadeiras e jogos - a exercitar as suas capacidades e potencialidades emocionais, sociais, físicas, motoras, cognitivas e a fazer exploração, experimentação e descobertas. Internacionalmente, a educação infantil corresponde normalmente o nível 0 definido pela ISCED (Classificação internacional Normalizada da Educação em tradução livre). Contudo, em alguns sistemas educativos, este tipo de educação pode incluir a que é ministrada a crianças de idade inferior a três anos, portanto a um nível inferior ao do ISCED. A educação infantil é ministrada em estabelecimentos educativos divididos nas modalidades creches e pré-escolas. A educação infantil é obrigatória a partir dos quatro anos, sendo um direito da criança que o Estado é obrigado a disponibilizar o espaço e os educadores de forma pública. Existem, também, diversas instituições privadas que oferecem o serviço de educação infantil no Brasil. No Brasil considera-se como educação infantil o período de vida escolar em que se atende, pedagogicamente, crianças com idade entre 0 e 6 anos. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional chama o equipamento educacional que atende crianças de 0 a 3 anos de "creche". O equipamento educacional que atende crianças de 4 e 6 anos se chama "pré-escola". Na educação infantil a avaliação far-se-á mediante acompanhamento a registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental. Recentes medidas legais modificaram o atendimento das crianças pré-escola, pois alunos com seis anos de idade devem obrigatoriamente estar matriculados no primeiro ano do ensino fundamental. No censo escolar de 2009, 18,4% da população de 0 a 3 anos estavam matriculados em creches. No censo de 2011, na pré-escola, cerca de 80% dos brasileiros de 4 e 5 anos estavam na escola, mas ainda há uma demanda grande a ser atendida. Em Goiás, por exemplo, estima-se que 100 mil crianças esperam por uma vaga em creche e 20 mil na pré-escola. O último Censo Escolar (2013) indica um aumento de 7,5% na oferta de vagas para crianças entre 0 e 3 anos. E como a Centi pode contribuir para a Educação Infantil? A Centi dispõe de um sistema completo para gestão de escolas com o “Portal do professor” e o “Portal do coordenador”. Com esses sistemas, nós cuidamos de toda burocracia e tornando tudo mais ágil, deixando tempo para as coisas essenciais. Venha conhecer nosso sistema voltado à Educação.

Leia mais

Entenda como realizar a exportação de arquivos oficiais pela Centi

Atualmente o sistema Centi conta com uma série de exportações de arquivos oficiais. Dentre eles pode-se destacar os relatórios para o SICONFI (RREO e RGF), Matriz de Saldos Contábeis (MSC), SIOPE e SIOPS.  Quando não exportados os arquivos oficiais devem ser elaborados de forma manual e informados em plataformas específicas. Pensando na facilidade e praticidade do usuário, a Centi criou tais exportações.

Exportando os arquivos oficiais pela Centi

Siconfi - RREO e RGF

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) publicou a Portaria nº 896, de 31 de outubro de 2017, que teve como objetivo estabelecer regras acerca da periodicidade, formato e sistema para o recebimento, por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro – Siconfi.  De acordo com a citada portaria, o Poder Executivo da União, dos estados, do DF e dos municípios devem preencher o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) e o Relatório de Gestão Fiscal desde o exercício de 2018 no Siconfi. Para atender essas exigências, a Centi criou a  tela “PC007 - Exportar Siconfi”, onde é possível gerar os arquivos de RREO e RGF que podem ser apresentados à Secretaria do Tesouro Nacional (STN) através do portal https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/index.jsf pela “Área restrita”. 

SIOPE

O Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE) é uma ferramenta eletrônica instituída para coleta, processamento, disseminação e acesso público às informações referentes aos orçamentos de educação da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, sem prejuízo das atribuições próprias dos Poderes Legislativos e dos Tribunais de Contas. Trabalhando sempre para melhorar continuamente as atividades dos clientes, a Centi criou as telas “PC005 - Exportação SIOPE”, onde é possível realizar a exportação de receitas, despesas e informações dos profissionais da educação do FUNDEB 60% e 40% a serem informadas ao Ministério da Educação.  

SIOPS

Para garantir tanto o acesso da população como o financiamento do SUS foi criado Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS), que constitui instrumento para o acompanhamento do cumprimento do dispositivo constitucional que determina, em orçamento, a aplicação mínima de recursos em ações e serviços públicos de saúde (ASPS).  O SIOPS é o sistema informatizado, de alimentação obrigatória e acesso público, operacionalizado pelo Ministério da Saúde, instituído para coleta, recuperação, processamento, armazenamento, organização, e disponibilização de informações referentes às receitas totais e às despesas com saúde dos orçamentos públicos em saúde.  O sistema possibilita o acompanhamento e monitoramento da aplicação de recursos em saúde, no âmbito da  União, Estados, Distrito Federal e Municípios, sem prejuízo das atribuições próprias dos Poderes Legislativos e dos Tribunais de Contas. Para atender essa exigência, a Centi criou a tela “PC010 - Exportação SIOPS” onde é possível gerar planilhas que podem ser importadas no programa do SIPOS para serem informadas ao Ministério da Saúde. 

Matriz de Saldos Contábeis (MSC)

A Matriz de Saldos Contábeis, ou simplesmente MSC, é uma estrutura de dados desenvolvida pelo Tesouro Nacional (STN) pensando na transmissão de informações contábeis e fiscais dos entes da Federação utilizando o Siconfi (Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro).  Esse procedimento resulta em uma maior transparência para todos. E, para as cidades que não são capitais, prazo estabelecido é até 31 de julho para que a publicação das informações de janeiro a junho por meio da MSC sejam realizadas. A exportação dos arquivos poderá ser feita através da tela “PC013 - Exportação Matriz Contábil”, gerando arquivo em formato .ZIP, contendo arquivo .CSV que deverá ser importado no sistema de envio através do portal do Siconfi. Esta exportação é feita de maneira simples e intuitiva, existindo também a tela “CO427 - Cubo saldo matriz contábil” para devidas verificações. Para mais informações sobre a Matriz de Saldos Contábeis clique aqui.    

Leia mais

Entenda as funcionalidades do Portal da Saúde

A tecnologia se tornou uma grande aliada das empresas, e na área da saúde não é diferente. Os avanços no campo da gestão hospitalar trazem inúmeros benefícios tanto para o hospital quanto para para os pacientes e profissionais da saúde que ali trabalham.  O fluxo de informações se torna mais rápido e com a utilização de um software é possível integrar tanto os serviços médicos quanto os serviços administrativos de uma ou de várias unidades de atendimento.  O novo Portal da Saúde tem como objetivo proporcionar uma visão global de todas os processos internos de hospitais, laboratórios e clínicas otimizando tanto os atendimentos quanto os procedimentos administrativos.  Com uma interface bem intuitiva, o software facilita o lançamento de prontuários para médicos, enfermeiros e odontólogos e mantém um histórico do paciente. Essa visão global permite que essas informações sejam acessadas de qualquer computador cadastrado.  Dentro da fila de atendimento, por exemplo, o usuário poderá acessar informações como nome, idade, situação e realizar ações como atender, encaminhar e finalizar. Poderá também verificar em qual unidade está sendo realizado o atendimento e alternar entre as unidades cadastradas, caso haja necessidade. A função atender permite o preenchimento das informações que são necessárias para completar o prontuário do paciente, incluindo procedimentos e exames. E, na guia história de prontuários é possível acompanhar o histórico do paciente durante todas as consultas realizadas, relembrando assim pontos importantes da vida clínica do paciente. A função encaminhar permite que o médico encaminhe esse mesmo paciente para um determinado departamento da unidade. E, o botão finalizar, como o próprio nome já diz, permite que o médico finalize o atendimento retirando assim o paciente da fila de espera.  No botão “adicionar pessoa na fila” é possível incluir um paciente sem que ele tenha passado pelo agendamento. Esse procedimento é recomendado para casos em que é necessário realizar o encaixe do paciente na fila de atendimento. Para saber mais sobre as funcionalidades e benefícios do Portal da Saúde, clique aqui. (direcionar para página do site que contém informações sobre o Portal da Saúde) 

Leia mais

Software de gestão escolar para professores e coordenadores

Como a tecnologia está cada dia mais inserida no nosso cotidiano, muitas escolas estão investindo em ferramentas para aperfeiçoar tanto a sua gestão como o desenvolvimento e produtividade dos seus professores.  Os professores sabem o quanto é complicado gerenciar o seu tempo entre as atividades de classe, elaboração de aula e correção de provas. Diante desse cenário as ferramentas tecnológicas se tornam uma grande aliada otimizando todas as tarefas que são realizadas pelos educadores.  Com uma interface interativa, integrada com o sistema Centi, o Portal do Professor e do Coordenador foi desenvolvido utilizando técnicas de UX para otimizar e informatizar processos, eliminando a necessidade de preenchimentos manuais e permitindo um acompanhamento mais assertivo e personalizado do desenvolvimento da escola e dos alunos. O Portal do Professor foi desenvolvido para otimizar o trabalho do educador, auxiliando em atividades como planejamento e organização do conteúdo que será ministrado em sala de aula, controle de faltas e frequência dos alunos, lançamento de avaliações e notas.  O lançamento de notas pode ser realizado no formato numérico ou ficha de acompanhamento bimestral e pode ser selecionado tanto na opção anual como semestral. A fim de facilitar a análise de desempenho de cada um dos alunos, o docente também consegue emitir relatórios diários e fichas de acompanhamentos bimestral. Já o Portal do Coordenador permite um controle e uma gestão mais assertiva, visto que com ele é possível ter acesso, em tempo real, de todo o planejamento de aula e do conteúdo que será ministrado.  O coordenador também poderá acessar o percentual de faltas, o controle das turmas, os relatórios referentes ao livro de matrículas, o diário e realizar o mapeamento das notas e do desempenho individual de cada aluno.  Se você precisa melhorar a gestão e a performance da sua escola, invista em um software focado na área da educação. Entre em contato com a gente e solicite uma demonstração!  

Leia mais

Matriz de Saldos Contábeis – MSC

Provavelmente você já se deparou com o termo Matriz de Saldos Contábeis, ou simplesmente MSC. Para algumas pessoas, esse termo pode ser um tanto quanto abstrato, não é mesmo?  Por isso, resolvemos destacar as principais informações sobre o assunto. Assim, podemos explicar realmente o que é a MSC, sua fundamentação legal, quem deve enviar e demais características que são muito importantes para você, profissional que atua na área de contabilidade pública nos municípios, estados e também na esfera federal.  A Matriz de Saldos Contábeis, ou simplesmente MSC, é uma estrutura de dados desenvolvida pelo Tesouro Nacional (STN) pensando na transmissão de informações contábeis e fiscais dos entes da Federação utilizando o Siconfi (Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro). Isso significa mais transparência para todos. As cidades que não são capitais têm até 31 de julho para publicarem suas informações de janeiro a junho por meio da MSC.  A Centi exporta a Matriz de Saldos Contábeis? Sim! Este pode ser realizado através da tela “PC013 - Exportação Matriz Contábil”, gerando arquivo em formato .ZIP, contendo arquivo .CSV que deverá ser importado no sistema de envio através do portal do Siconfi. Esta exportação é feita de maneira simples e intuitiva, existindo também a tela “CO427 - Cubo saldo matriz contábil” para devidas verificações. 

Mas, afinal de contas, o que é a MSC? A MSC possui os seguintes objetivos: 
  • automatizar a elaboração dos relatórios;
  • melhorar a qualidade da informação pública, permitindo comparações;
  • permitir análises mais eficazes e transparentes.
A MSC é uma estrutura básica para o envio de informações contábeis (uma espécie de balancete) baseada nas contas do PCASP, associadas a atributos e informações complementares. Por meio dela, os entes enviam os saldos e movimentações das suas contas e informações auxiliares que permitem a elaboração dos principais demonstrativos contábeis e fiscais.  Dicas rápidas
  1. A Matriz de Saldos Contábeis deve ser enviada de forma agregada somente pelo Poder Executivo. Isso quer dizer que as informações dos demais poderes e órgãos deverão estar destacados utilizando a informação complementar “Poder / Órgão – PO”.
  1. O leiaute e as informações complementares são válidos para exercícios específicos, de acordo com Portaria publicada pela Secretaria do Tesouro Nacional.
  1. Caso o ente não adote ou adote parte das informações nos padrões solicitados pela MSC, ele deverá realizar um De-Para. Esse procedimento pode ser feito tanto no Siconfi quanto fora dele (nos sistemas dos entes).
  1. A ferramenta de De-Para do Siconfi não realiza mapeamentos automáticos. Porém, uma vez realizado o mapeamento, ele pode ser copiado para exercícios seguintes. Caso a tabela do ente seja alterada, somente as informações diferentes deverão ser mapeadas.
  1. A MSC será dividida em dois tipos: a MSC Agregada e a de Encerramento. A MSC Agregada será mensal e será responsável pela geração dos relatórios fiscais (Relatório Resumido da Execução Orçamentária – RREO e Relatório de Gestão Fiscal – RGF). Já a MSC de Encerramento terá periodicidade anual, sendo responsável pela geração da Declaração das Contas Anuais – DCA.
  1. Uma vez carregada no Siconfi, a MSC não poderá ser excluída. Porém, poderá ser reenviada, salvo nos seguintes casos:
    1. Disposição contrária do respectivo Tribunal de Contas;
    2. A MSC tenha gerado um relatório (RREO, RGF e DCA) que tenha sido assinado. Nesse caso, a assinatura deve ser quebrada para o reenvio da nova MSC;
    3. A MSC tenha gerado um relatório que tenha sido homologado. Nesse caso, a alteração deve ser feita no relatório, incluindo notas explicativas.
  1. No caso de reenvio da MSC pelo Poder Executivo, os rascunhos das declarações dos outros poderes gerados serão, também, substituídos.
  1. A Matriz poderá ser carregada no Siconfi utilizando dois formatos: CSV e XBRL GL. Ambos os formatos devem ser zipados antes do carregamento.
  1. No caso do formato CSV, o arquivo deverá estar de acordo com o leiaute publicado válido para o exercício, respeitando algumas definições:
    1. Não deve existir separador de milhares;
    2. Os separadores decimais devem conter “ponto” e não “vírgula”.
    3. A pontuação apresentada nas informações complementares é apenas formatação.
Atente-se ao abrir a MSC em formato CSV nos editores de planilha: caso alguma informação possua zeros à esquerda e caso não seja definido como tipo textual, o editor pode desconsiderá-los, tornando a informação incompatível.  Se você é contador e tem dúvidas sobre como preencher a MSC, entre em contato com o nosso suporte por telefone e/ou WhatsApp através do número 62 3922-3044.

Leia mais